Pesquisadora detalha estudo sobre eficiência de vacinas contra gripe aviária na Holanda

Duas das quatro vacinas testadas quanto à sua eficácia contra a gripe aviária tipo H5N1 de alta patogenicidade mostrarem ser eficazes em condições de laboratório. “As chamadas vacinas HVT-H5 ofereceram proteção contra os sintomas da doença em galinhas poedeiras e evitaram a propagação do vírus”, disse Nancy Beerens, Chefe do Laboratório Nacional de Referência para a gripe aviária.

O estudo da vacina foi realizado na Wageningen Bioveterinary Research (WBVR), parte da Wageningen University & Research (WUR), em colaboração com a Utrecht University, Royal GD e WUR, em nome do Ministério Holandês da Agricultura, Natureza e Qualidade Alimentar (LNV).

Vacinas

No estudo, três vacinas modernas foram testadas em galinhas poedeiras:

  • Vacina HVT-H5 da Ceva Sante Animale
  • Vacina HVT-H5 da Boehringer Ingelheim Animal Health
  • Vacina de DNA da Huvepharma

Além disso, a vacina Nobilis da Merck Sharp & Dome foi incluída no estudo. Trata-se de um tipo de vacina mais antigo, sendo a única vacina atualmente registrada na Holanda. A eficácia da vacina Nobilis contra o atual vírus da gripe aviária não havia sido testada antes.

“Um importante critério de seleção para as vacinas candidatas é a possibilidade de distinguir entre animais que foram vacinados e animais que produzem anticorpos devido a uma infecção por gripe aviária. Com as três vacinas modernas, essa distinção pode ser feita; elas atendem aos requisitos chamado princípio DIVA”, explica Nancy Beerens. As vacinas selecionadas já estão no mercado de outros países ou em estágio avançado de desenvolvimento. No entanto, não havia sido testado antes se essas vacinas são eficazes na prevenção da doença após a infecção com o atual vírus HPAI H5N1 encontrado na Europa e se podem impedir a propagação do vírus entre galinhas poedeiras.

Projeto de estudo

Cada vacina foi administrada a dez galinhas poedeiras. Posteriormente, cinco galinhas foram infectadas com o vírus da gripe aviária. Estas foram agrupadas com as cinco galinhas que não foram infectadas. Este projeto de estudo investigou se o vírus se espalharia de galinhas infectadas para galinhas não infectadas.

Ambas as vacinas HVT-H5 foram consideradas 100% eficazes no estudo 

Resultados

Verificou-se que ambas as vacinas HVT-H5 são 100% eficazes na prevenção da doença e mortalidade após a infecção com o vírus HPAI H5N1. Isso não ocorreu com as outras duas vacinas nas quais a doença foi observada. O estudo mostrou que ambas as vacinas HVT-H5 previnem a propagação do vírus entre galinhas. Para essas vacinas, a taxa de reprodução calculada (valor R) no estudo foi zero.

Mais pesquisas são necessárias

“Nosso estudo mostra que ambas as vacinas HVT-H5 são eficazes em condições de laboratório e previnem a propagação da doença e vírus. Essas vacinas cumprem o princípio DIVA e, portanto, são boas candidatas para mais pesquisas na prática”, disse Beerens. As vacinas HVT-H5 podem ser administradas no ovo ou em pintos de um dia no incubatório.

Os resultados do estudo realizado não podem ser extrapolados para o campo. “É importante investigar se as vacinas funcionam bem em condições de campo nas granjas, por quanto tempo as vacinas protegem e se uma única vacinação é suficiente”. O Ministério Holandês do LNV encomendou um estudo de campo que começará neste verão.

Além disso, as vacinas ainda precisam ser registradas na Holanda e na União Europeia. “Ainda há alguns obstáculos a serem superados, mas os resultados de nossa pesquisa são um primeiro passo importante para a vacinação contra o vírus da gripe aviária em aves domésticas”, conclui Beerens.

Notícias Relacionadas

Revista OvoSite

Informativo diário | cadastre-se agora e receba diariamente a principais notícias do mercado gratuitamente

Canal Mundo Agro

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

imagem_01

Ondas de calor: os benefícios do uso do spray de poliuretano na avicultura

Uma maneira eficaz de prevenir as perdas causadas pelas ondas de calor é a aplicação de spray de poliuretano para isolamento térmico nos galpões avícolas. Página 14.

imagem_02

Uso de hidroxi-selenometionina melhora a produtividade e qualidade dos ovos de poedeiras criadas em condições de estresse por calor

Experimento realizado no setor de Avicultura do Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias, na UFPB, indica que a suplementação adequada de selênio na forma de OH-SeMet beneficia os produtores de ovos. Página 16.

imagem_03

Atualização dos níveis de aminoácidos para poedeiras comerciais

A nutrição focada em atendimento dos aminoácidos digestíveis já é um assunto bastante estudado e há muitos anos utilizado na nutrição avícola. Página 20.

imagem_04

O Ovo como um aliado para a Saúde Cardiovascular: Evidências a partir de uma Análise Global?

O ovo, um alimento amplamente apreciado por sua praticidade, sabor e versatilidade, apresenta uma rica combinação de vitaminas e minerais essenciais. Página 28.

imagem_05

Impactos da ocorrência de Bronquite, Laringotraqueíte e Influenza Aviária na produção avícola brasileira

As infecções virais impactam as condições fisiológicas das aves, podendo provocar mortalidade e/ou morbidade. Página 30.

Fale agora no WhatsApp